Como economizar com comida na Europa?


Uma das coisas que eu não conseguia saber "quanto vou gastar" era em relação a comida. Fiz uma média de 15 euros por dia e era isso o que eu tinha para gastar. Queria economizar o máximo que eu conseguia.


- Da pra comer por 15 euros? Sim. Mas, depende muito de cidade. Na Itália você encontra por 7 euros pratos maravilhosos, enquanto em lugares como Paris, você precisa procurar muito bem. Hoje, se eu pudesse, deixaria uns 25 euros para alimentação;


- Tem cidades que você vai gastar mais, cidades que você vai gastar menos. Faça um equilíbrio. Se na itália a média foi 10 euros, na holanda deixe por 20;


- Fuja das áreas de turismo para alimentação. Muitas vezes é pega-turista, furada... Antes de ir em uma cidade, procure em dois lugares. Primeiro no google "onde comer até 10 reais/euro em Berlim?", existem inúmeros blog que trazem isso. Segundo no tripadvisor, coloque restaurantes baratos, perto de determinada região. A partir disto, abra o site/facebook e veja o cardápio;


- Se possível, pegue hostel/hotel com café da manhã. Leia a respeito do café da manhã, não são todos os hostels que tem aquele super cafézão. Além disso, faça a conta quanto seria comer alguma besteira (algo do mercado, como pão) em relação ao valor do hostel. Às vezes você paga quase 50 reais a mais pelo café da manhã, que dependendo do local, você consegue comer um café topzeira. Por exemplo, existem algumas redes que tem café da manhã por 5 euros.


- Cozinhar é mais barato. Claro. Mas, opte em fazer algo para comer à noite - para não atrapalhar a sua saída / volta a hospedagem. Mas, pesquise no google quais são os mercados da região mais barato. Toda cidade tem algumas redes mais baratas, por exemplo, a rede LIDL é muito em conta em várias regiões da Europa. O Acuchan na Alemanhã, o biedronka na Polônia. Pode parecer pouco, mas ao somar todas as compras, você pode economizar bastante.


- Evite comer besteira em lugares. Quer comer chocolate? Compra no mercado. Quer beber coca-cola? Compra no mercado. Sei que é chato não 'comer o que quer na hora que quer'. Mas você ve diferença maior do que 1 euro nessas pequenas coisas... Se por dia você comer um chocolate + refri em um local "caro"=restaurante, você estará gastando quase 2 euros a mais do que comprando em um mercado.


- Fazer um sanduba com o café da manhã do hostel deve estar no top list das suas prioridades...E além disso, sempre tenha lanchinhos na sua mochila, seja uma bolacha, uma maça. A fome sempre bate quando a gente passa na frente daquele restaurante topzeira caríssimo..


- Se estiver em um local muito caro e não puder gastar, recorra aos fast-foods da região. Em várias regiões eles tem seus próprios fast foods, alguns até com comidas típicas, e você paga bem pouco... Lembro em dresden da alemanhã achei um que vendia frango e paguei 2,5 em uma perna gigante de frango (não me lembro o nome), na belgica ou holanda você acha fácil de batata frita e na polonia de panqueca..


- Acho que uma comida barata e que enche todo mundo é o kebab... normalmente, você paga barato por ele e consegue comprar um tamanho gigante (uma vez foi meu jantar e almoço por dois dias).


Sempre faço a festa no café da manhã, para comer alguma besteira na metade da tarde e jantar direito à noite (com comida feita por mim ou em alguma rede no local).


Se valeu a pena seguir todas essas dicas? Sim. Muito. Me ajudou a viajar. Mas se eu pudesse, teria uma experiência culinária maior... porque é muito chato você querer comer algo e ter que ir atrás. Lembro em Paris que eu queria comer, morrendo de fome, e o lugar que eu "precisava" comer para gastar menos era umas 10 quadras da onde eu estava ainda... e a única coisa que eu queria era sentar e comer.



Parcerias!

Nos siga nas redes sociais

  • Black Instagram Icon